Dia de São Francisco

voltar Dia de São Francisco

O Dia dos Animais e do seu Patrono, São Francisco de Assis, festeja-se a 4 de outubro. Sendo este, também, o padroeiro da CONFHIC, é natural que o seu dia seja celebrado todos os anos no nosso colégio. Este ano letivo, 2018-19, não foi, portanto, uma exceção.

A cerimónia começou por volta das dez e meia, no jardim de São Francisco, em frente à nossa capela, tendo contado com a presença de todos os alunos do Pré-Escolar ao 12º ano, bem como muitos professores, Irmãs, funcionárias e, é claro, a estátua do próprio Santo, que há vários meses vela por nós e pelo jardim, com o seu olhar sereno e eterno.

Depois de umas breves palavras, proferidas pela Madre Superiora, Ir. Salomé Gonçalves, teve início uma simples, mas sentida representação. Dirigida pela Irmã Maria Celeste Guarda, escrita por Ricardo Guerra, 11.º3, e tendo, nos papéis principais dois alunos do 11.º1, Ruben Barros, como Frade João, e Firmino Oliveira, como Francisco de Assis. Contou, ainda, com a participação de vários rapazes do 11º ano, como figurantes, e de Diogo Barros e Nuno Pinto,12.º, a dobrar as vozes de ambos os frades, bem como a contribuição de Luísa Maia, 10.º3, no papel de narradora.

De seguida, alguns alunos do 7.º ao 9.º ano fizeram a leitura d’O Cântico das Criaturas, em homenagem à figura celebrada neste dia, enquanto os alunos do 1º ao 4º ano afixavam, com a ajuda dos professores, imagens alusivas a esse jogral. Foi a vez dos alunos do 2º Ciclo brilharem, no coro, ao interpretarem a canção dedicada a S. Francisco, que já é bem conhecida de todos. Contudo, os olhares estiveram quase sempre postos nos atores principais da peça, que animaram toda a cerimónia com o seu bom- humor e capacidade de improviso.

Chegou-se ao final da cerimónia, mas não da animação. Às onze e meia, começou uma outra encenação: Payassu – O Verbo do Pai Grande, pela companhia de teatro Lafontana – Formas Animadas. Trata-se da adaptação do Sermão de Santo António aos Peixes, do Padre António Vieira, texto que faz parte das obras estudadas no 11.º ano, e portanto um conteúdo passível de sair no Exame Nacional de Português, a realizar por todos os alunos, no 12.º ano. O texto é um monólogo, visto que um sermão não tem personagens, apenas um orador e um auditório.

O balanço do dia foi positivo e as atenções já estão voltadas para os próximos eventos, como o Café-Concerto e o Sarau Gímnico, que já ocupam a mente dos professores e dos alunos finalistas, qual Carnaval do Rio.

Quem sabe o que eles nos estarão a preparar?

Nuno Pinto N.º14 Turma 12.º1

[2018-10-04]

Destaques

Aula de surf em Matosinhos ? Uma experiência Ímpar
Além de um lugar de aprendizagem, a escola deverá ser um veículo de novas experiências e partilha de emoções!

Colégio Nossa Senhora da Bonança na linha da frente no combate às más práticas ambientais
O Colégio Nossa Senhora da Bonança, na senda da sensibilização dos seus alunos para as questões relacionadas com a pegada ecológica de cada um e consequente responsabilização pessoal pela conservação do nosso planeta, abraçou o concurso nacional para as Escolas, promovido pela Academia Ponto Verde, como mais um instrumento de aquisição de conhecimentos e atitudes sobre protocolos quotidianos de preservação dos recursos naturais e limitação do impacto da Humanidade na Natureza.

Dia da Europa
No passado dia 9 de maio, o Grupo Disciplinar de Geografia, do CNSB, assinalou o Dia da Europa com uma exposição simbólica de bandeiras dos países europeus, mapas e representações, com temáticas variadas, à escala da Europa, da União Europeia e de Portugal.

Cambridge University Press
Educational Partner

CNSB celebra o Dia 21 de Março, Dia Mundial da Poesia
No passado dia 22 de março, o CNSB encheu-se de imaginação para comemorar o Dia Mundial da Poesia.

Parabéns, Guilherme Oliveira!
O jovem piloto, nosso aluno do Ensino Secundário, conta já 15 títulos nacionais e espanhóis e várias presenças em campeonatos internacionais. E, como o seu desempenho, o seu talento e determinação não têm passado despercebidos, Guilherme Oliveira, de 16 anos, dá agora o ?salto? para os monopostos.

A Conquista de um Sonho!
Somos um Colégio que prima pela excelência, que luta pelo mérito e brio dos seus alunos. Assim, o seu trabalho árduo, durante todo o ano, para cumprir os mais altos objetivos, devem ser recompensados.

Olimpíadas da Geologia
A caminho da Rússia

O Oceano faz-nos falta!
A dezanove de maio comemorou-se pela primeira vez o Dia Escola Azul e o CNSB, que integra a rede de Escolas Azuis, não podia deixar de participar nesta iniciativa.

Agradecimento aos profissionais de saúde
Carta aberta de uma aluna do CNSB